Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora
Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora

As consequências do uso de drogas são várias, podendo afetar inclusive a qualidade do seu sono.

Pode não parecer à primeira vista, mas drogas e insônia estão intimamente relacionadas. Estamos falando de todos os tipos, das drogas lícitas e ilícitas.

Uso de entorpecentes e qualidade do sono

O uso de drogas e substâncias entorpecentes pode sim agravar de forma considerável a qualidade do sono.

Os distúrbios do sono são um problema cada vez maior entre a população brasileira e tais distúrbios tendem a agravar-se quando é feito uso de drogas lícitas e ilícitas.

O consumo destas substâncias tende a afetar o sono, aumentando a dificuldade para adormecer, ou mesmo para manter o sono, resultando em sono insuficiente ou qualidade de sono precária.

Em pessoas adultas, vários problemas relacionados ao sono estão relacionados ao aumento da utilização de álcool e drogas ilícitas.

Alcoólatras adultos que tinham insônia também possuíam maior propensão à recaídas ao vício.

Drogas para induzir o sono

Como a insônia possui vários tipos distintos deste distúrbio catalogados pela medicina, são utilizados medicamentos específicos a fim de auxiliar no tratamento.

As principais drogas indutoras de sono são os benzodiazepínicos, chamados popularmente de “faixa preta” e as drogas “Z”, comercializadas no Brasil, como “zolpidem” e o “zopiclone”.

Os medicamentos benzodiazepínicos foram desenvolvidos em meados da década de 50, ao passo que as drogas Z têm origem na década de 80.

Tanto os benzodiazepínicos quanto as drogas Z são bastante seguros, o que explica sua popularização.

Além destas havia também os barbitúricos, porém estes apresentavam severos riscos à saúde quando utilizados em grandes quantidades.

Efeitos colaterais de indutores do Sono

Apesar de muito seguros para a saúde, indutores do sono devem ser evitados por pessoas que fazem uso de drogas, pois podem afetar ainda mais a qualidade de sono.

Outra questão importante é que podem comprometer ainda mais o processo de alguém que está tentando sair do vício de uso de drogas.

Indutores para dormir devem ser sempre utilizados com cautela, sob a supervisão e prescrição de um médico, num período nunca superior a duas semanas, já que o uso indiscriminado tende a causar dependência.

Além da dependência, podem haver efeitos colaterais como: perda de equilíbrio e memória, dificuldades motoras e alterações comportamentais.

Quando a falta de sono leva ao uso de drogas

A insônia é um mal cada vez maior, pois as exigências da sociedade fazem as pessoas abrirem mão do sono para o trabalho, a diversão e outras atividades.

A falta de sono pode sim levar ao uso de drogas, tanto lícitas quanto ilícitas, pois a privação do descanso leva muitas vezes ao uso associado de substâncias psicoestimulantes.

Ou seja, a insônia potencializa o efeito da droga e contribui para o aumento do quadro de dependência.

Alternativas ao uso de indutores

Recomenda-se técnicas alternativas para regular o sono de pessoas que já sofreram dependência de drogas lícitas ou ilícitas, já que indutores alopáticos para insônia podem gerar dependência.

Atualmente utilizam-se técnicas como higiene do sono e treinamentos de inteligência emocional que são ótimas alternativas para resolver a insônia, melhorando a qualidade do sono.

Tais técnicas reprogramam o corpo, auxiliando-o a preparar-se para o momento do descanso.

Acompanhe nosso blog, pois sempre temos dicas para melhorar o sono e auxiliar você a desfrutar de noites de descanso reparadoras.

Por Emanuela Miola

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here