Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora
Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora

De acordo com Pesquisas feitas pelo jornal O globo, 45% da população mundial sofre com insônia.  Sentir falta de sono hoje em dia está sendo algo extremamente recorrente. Porém, existem diversos modos de tratar esse distúrbio, desde de procedimentos naturais, mudanças na rotina e até medicamentos para tratar a insônia. Um desses medicamentos é a Melatonina, neuro-hormônio produzido no corpo humano. Pessoas podem ter defasagem de Melatonina devido a baixa nutrição, maus hábitos alimentícios e outras doenças que ocasionam disfunções corporais.

A Melatonina tem diversos benefícios, ela não só estimula o sono como também pode prevenir o câncer, ajudar no tratamento de enxaquecas e ajudar a emagrecer.


Leia também: Os tipos de Melatonina e Doenças que causam insônia.


Como saber quando utilizar medicamentos para a insônia

Primeiro deverá “analisar” como você dorme. Especialistas recomendam de 8 a 9 horas de sono, se você dorme menos de 7 horas por dia está dormindo pouco e isso irá te trazer um desgaste ao longo do tempo, mas talvez você trabalhe e não consiga dormir o suficiente, diferente de quem tem esse tempo para dormir e não consegue, provavelmente isso seja insônia. Se a falta de sono ou o fato de não conseguir dormir durar mais de uma semana, possivelmente você esteja com uma insônia crônica.


Leia também: Tipos de insônia e tratamento.


Então, quando devo usar os medicamentos para tratar a insônia?

Se você tem um dos sintomas aqui citados, talvez seja necessária a ingestão de um medicamento para insônia. A melatonina é interessante para pessoas que trabalham a noite e não estão acostumadas a dormir de dia ou até mesmo pessoas que viajam ou se mudam para países com fuso horário diferente, pois não se acostumam com a nova rotina, ocasionando esse distúrbio.

Por que utilizar medicamentos para a insônia?

Em casos que esse distúrbio ocorre por longos períodos, é necessário o uso de medicamentos para tratar a insônia, pois ela acarreta à pessoa diversas consequências negativas e a priva de ter uma qualidade de vida satisfatória.

Como disse anteriormente, a Melatonina tem diversos benefícios e um deles é tratar distúrbios do sono. Fazendo sua utilização ela estimulará a sonolência independente da sua saúde, durante qualquer parte do dia.

Uma de suas vantagens  é sua forma de atuação no organismo, como por exemplo logo após sua ingestão você não irá sentir uma fadiga ou sonolência profunda, sentirá apenas algo semelhante a uma anestesia geral ou sedativo, comparado a alguns remédios, como os benzodiazepínicos, mas atuando de forma mais satisfatória.

Outro ponto positivo é que o consumo de suplementos de Melatonina, pois mesmo em doses altas não causam malefícios como o benzodiazepínicos que pode ocasionar perda de consciência  repentina dentre outros problemas.

Trata-se de um neuro-hormônio que o corpo produz naturalmente a partir da glândula pineal que fica localizada no cérebro e a suplementação serve para compensar a pouco produção por motivos diversos, diferentemente dos benzodiazepínicos que com uso em excesso podem causar sérias consequências.

Lembre-se que para o uso de qualquer medicamento é sempre necessário consultar a orientação de um profissional da área médica.

Por Milena Castro

 


Leia também: Doenças que causam insônia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here