Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora
Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora

A dificuldade para dormir é uma realidade muito próxima para quem tem TDAH. Atinge principalmente crianças, mas pode permanecer ou se desenvolver na vida adulta.   

TDAH é a sigla para Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade, de acordo com o a Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), cerca de três a cinco por cento de crianças em diversas localidades do mundo possuem esse transtorno.

Ele tem como características, a hiperatividade, o déficit de atenção, problemas comportamentais, insônia e às vezes depressão.

Como visto, a falta de sono e o TDAH estão ligadas, pesquisas apontam que uma pode causar a outra.

Quem possui esse transtorno apresenta diversas complicações ao se deitar para dormir, como a inquietude, ansiedade e o ritmo cardíaco acelerado.

TDAH em crianças

O mais comum é esse transtorno aparecer nos primeiros anos de vida de um ser humano.

Por o TDAH em crianças ser algo comum, diversos pais, professores ou responsáveis legais quando observam as crianças hiperativas e com dificuldades de aprendizado, acreditam que possuam algum transtorno.

É muito importante ficar atento a todos os sinais, mas também é preciso se lembrar que as crianças normalmente têm mais energia e disposição; então não se preocupe, mas se tiver alguma suspeita, confira com o médico da criança.

Os sintomas mais comuns são observados ainda na pré-escola. Nada prende a atenção da criança, ela não consegue ficar parada e muitas vezes está presente somente com o corpo no local, pois fica pensando em outras coisas.

A falta de sono também é um sintoma, pois mesmo que ela fique deitada e quieta, seu organismo e mente não desaceleram para dormir.

Como cuidar da falta de sono e o TDAH

O ideal é procurar um médico, ele recomendará os melhores tratamentos à criança e ao adulto. Mas existem medidas preventivas e de controle para quem tem esse transtorno.

Faça alguma atividade física

A hiperatividade é um dos principais sintomas, quem possui esse transtorno precisa cansar o corpo para que ao se deitar, sinta a necessidade de descansar.

Podem ser praticados exercícios físicos mais tradicionais ou outros como danças, ou fazer teatro. Essa pode ser uma boa possibilidade de aprender novas coisas.

Crie uma rotina

O corpo possui o relógio biológico natural, durante o dia, quando se fica exposto à luz solar ou artificial, o organismo entende que é hora de estar acordado e realizar atividades diversas, então ele trabalha para isso.

À noite acontece o contrário em um organismo sem qualquer disfunção, ele desacelera, trabalha menos libera hormônios responsáveis para te induzir ao sono.

Ao criar uma rotina, você estará contribuindo para que seu relógio biológico funcione bem. O importante é, em algumas horas antes de dormir parar com o uso de tecnologias luminosa, não trabalhar, comer menos e realizar atividades simples e prazerosas.  

Sempre cuide da falta de sono

O TDAH é algo sério, e a relação que ele tem com a falta de sono precisa de total atenção.

Os problemas aumentarão à medida que a portadora dessa doença não descanse bem. Lembre-se, existem tratamentos e jeitos de manter a qualidade de vida, a saúde psicológica e a boa disposição para os afazeres diários.

 

Por Jean Araújo


Leia também: Seu bebê não dorme? Veja como não perder noites de sono.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here