Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora
Não perca nenhuma novidade, cadastre-se em nosso blog !
Assinar agora

Existe o sono ideal? O que acontece com o corpo quando não dormimos bem? Este artigo faz parte de uma sequência que apresenta “as causas e as consequências de uma noite mal dormida”. Vamos falar sobre as consequências físicas da falta de sono.

Primeiramente recomendo a leitura do primeiro artigo da série, uma vez que apresentei conceitos importantes sobre as duas fases do sono, ou seja, o sono NREM e o sono REM, bem como os seus estágios.

O neurologista Luciano Ribeiro, presidente da Associação Brasileira do Sono, disse em entrevista para o UOL Notícias que “o grande problema é privação crônica de sono, que se estende por dias, meses e anos. Estudos mostram que problemas físicos, mentais e emocionais podem ocorrer em médio e longo prazo.”

Isso significa que, ao contrário do que muitos pensam e defendem, a falta de sono causa efeitos que vão além do emocional. Confira abaixo as principais onsequências físicas da falta de sono.

 

Descontrola o apetite

Uma matéria de 2016 do site O Globo abordou uma pesquisa feita por Erin Hanlon da Universidade de Chicargo onde foi comprovado que a falta de sono descontrola o apetite.

Após um experimento de oito dias com voluntários jovens e uma descritiva técnica sobre o que acontece com o corpo quando não dormimos bem, a conclusão foi que o aumento da vontade de comer mais alimentos que não são saudáveis.

Uma comparação surpreendente é que, segundo a autora, o efeito é muito parecido com usuários de maconha. A explicação é que a falta de sono aumenta o mesmo componente químico do sistema que é alvo do ingrediente ativo da droga, cujo efeito é o anseio por alimentar-se.

Prejudica a aparência

Dormir mal prejudica consideravelmente a aparência porque a falta de sono resulta em dificuldades para concentração, o que intensifica as linhas de expressão do rosto.

O site Minha Vida ainda orienta a dormir sempre de barriga para cima, se utilizando de uma explicação da dermatologista Maria Paula Del Nero, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, orientando que “Passar oito horas por dia, por vários e vários anos, na mesma posição causa as chamadas rugas de travesseiro”.

Baixo rendimento imunológico

O Estadão publicou uma matéria apresentando os problemas físicos da falta de sono. Dentre os problemas está a redução dos níveis de Cd4, Cd8 e células T, os principais agentes de defesa do organismo.

O problema se estende também para tratamentos de doenças como Diabetes, já que dormir mal causa diminuição drástica de glicose e consequente resistência à insulina

Muitas pessoas acabam associando esses problemas a outros fatores diversos, ingerindo grande quantidades de medicamentos, porém não solucionam a raiz do problema: dormir bem.

Hipertensão e doença do coração

Outra consequência séria sobre o que acontece quando não dormimos o suficiente está nos efeitos que isso pode causar para o coração, pois a falta de restauração emocional do sono REM pode alterar os impulsos elétricos responsáveis por coordenar os batimentos cardíacos.

O resultado pode ser fatal, pois há o risco de arritmias no caso de pessoas que já tenham propensão para esse problema.

Prejudica o sexo

Além de inibir o hormônio responsável pelo crescimento e consequentemente aumentar a gordura corporal, prejudica diminuindo a libido, ou seja, prejudica o desejo ou impulso sexual tanto do homem quanto da mulher.


Causas e consequências de uma noite mal dormida

As consequências de uma noite mal dormida

  1. Consequências  físicas
  2. Consequências emocionais

As causas de uma noite mal dormida

  1. Problemas ambientais
  2. Problemas hormonais

Por Rogério Nascimento

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here